22.8.09

QUELIMANE CELEBRA MAIS UM ANIVERSARIO!



Imagens de: António Zefanias


Está de parabens a cidade dos meus sonhos, que hoje celebra mais um aniversario!

Infelizmente, este ano nao poderei estar presente para com os citadinos celebrar esta data!

Recentemente estive em Quelimane e pude verificar in loco a degradacao fisica e moral da nossa cidade!

As ex-avenidas, hoje sao autenticas piscinas municipais!

Os passeios esses virarao canteiros onde se plantam batatas!

Semaforos, esses ha anos que pediram ferias sem vencimentos!

OS MACHIMBOMBOS, ESSES REPOUSAM SEU ETERNO SONO E FORAM MUNICIPALMENTE SUBSTITUIDOS PELOS TXOVA XITA DUMA E TAXIS DE BICICLETA!

Entroncamentos?

Esses viraram barracas chinesas!

Até para tirar uma foto, importamos chineses que fazem concorrencia ao amigo Teshin e a Foto Quelimane, referencias historicas!


A Catedral antiga, essa repousa esquecida nas margens dos bons sinais! E a nova? A entrada virou um autentico campeonato de buracos!



O ano passado em vesperas das eleicoes autarquicas o governo ofereceu machimbombos!

Perguntei ao amigo zefanias onde andavam os machimbombos! respondeu-me boquiaberto e triste!

Estão parados!

Parados?

Indaguei indignado!!

Sim, respondeu-me! Porquê? Porque nao ha estradas! Onde foram as estradas? Estao de ferias! Calei-me uma lágrima no canto o olho, teimou em seguir as leis da fisica, provando que de facto a gravidade existe! 

O unico senao foi a transformacao do meu Coalane em Universidade Pedagogica, apesar d edificio pertencer aos padres! Tambem fiquei feliz em saber que ali ao lado da residencia do saudoso velho Magalhães, foi erguida uma Escola Secundaria! 

Contudo, apesar da distancia fica-me um nó na garganta! um no pequeno que qualquer citadino pode ajudar-me a responder!

A pergunta que fica, e simples!



O que e que estamos a celebrar?

Alguem pomposamente me dira que estamos a celebrar a elevacao de Quelimane a categoria de Cidade! Certo, mas o que e uma cidade?

Sera que hoje Quelimane merece ser chamada de Cidade?

Uma urbe sem estradas; sem passeios; sem sinalização; sem urbanidade pode ainda ser chamada de cidade?



Nao teremos despromovido a nossa bela capital em Vila?



Quem salva a nossa bela capital?



Estas são as questões que deixo para reflexão! A unica promessa que poderei fazer a terra que me viu nascer e simples: dedicarei mais atenção a ti querida cidade! E a prenda que tenho para ti é um artigo do meu amigo Jocas Achar, publicado no Jornal Noticias, na sua edição de segunda feira!

Nao consegui mais, apenas o suficinte para mostrar que nao te esqueci! 

Mas continuarei a percorrer o mundo para que um dia voltes a categoria de Cidade! Isso sim, prometo-te!! e um dia voltaras a ser o PEQUENO BRASIL! BELA, ESTONTEANTE, FORMOSA, CINTILANTE!

Aqui ficam os meus parabens a esta cidade esquecida, abandonada pelos seus filhos, a quem deu luz! Abandonada por aqueles que juraram acarinha-la! Abandonada por aqueles que nao sendo seus filhos, nela residem! ABANDONADA POR AQUELES QUE A USAM E ABUSAM!



MAS UM DIA VOLTARáS!



Quelimane, cidade ontem, vila hoje!



Beijao querida cidade,


Do teu filho que te adora!



Manuel de Araújo

7 comentários:

Graça Pereira disse...

Como é possível deixar chegar a este ponto uma cidade que ra considerada a "maIS LIMPA E ARRUMADINHA" de Moçambique? Como é possível destruir tudo que um dia, tantos zambezianos deixaram ficar? Parece-me um pesadelo autêntico...Vou esperar por um milagre, vou acreditar que ainda é possível. Parabens à minha cidade tão velhinha e tão mal tratada Graça

Anónimo disse...

E paradoxalmente tem uma óptima pessoa como presidente do município, um verdadeiro "transmontano". Falta de recursos é o que se alega e o governo pouco ajuda.

Antonio disse...

Concordo consigo Manuel de Araújo.
Estive lá na 2ª quinzena de Julho e fiquei desolado. Quase não reconheci a cidade que tinha deixado para trás há 35 anos.

Anónimo disse...

É simplesmente desolador saber o estado em que a cidade de Quelimane se encontra. Como é possível?

ellen disse...

Ainda bem que a recordo como a deixei... não custa tanto tê-la perdido com outras memórias!!!

Helder Felizardo Augusto disse...

Parabens Araujo pelo artigo... Espero que os filhos de quelimane como eu contribuamos voluntariamente no desenvolvimento da cidade... Porque se esperarmos pelo suposto Municipio, so Deus sabe quando esse pesadelo tera o fim...

Abracao e muitas felicidades- O teu site ta muito interessante

Helder Felizardo Augusto
Mwana Mutxuabo

José António Garrido disse...

Quelimanenses e Zambezianos
Como é possível a terra q/nos viu nascer chegar a isto?
Nunca pensei que esta fosse a realidade nua e crua de Quelimane.
Caramba, eu pelo menos menos já a deixei há 34 anos, mas, não há um dia que Quelimane não apareça na m/memória. Dada a realidade da constante degradação em que vai caíndo Quelimane, pergunto, como estarão as restantes localidades da Zambézia.
Como é possível tudo isto acontecer, será que os políticos e governantes de Moçambique excluíaram do Mapa pura e simplesmente Quelimane e seu Distrito da Zambézia?
A mim parece-me que sim.
Mas já agora aproveito para dizer que, em relação à Catedral, se passa o mesmo em relação aos responsáveis da igreja católica de quelimane, não parecendo muito interessados na recuperação da mesma.
Por isso, amigos, que dizer mais?